Prefeito de Nazaria

Justica Eleitoral vai apurar se Osvaldo Bonfim fez doação ilegal de bens em ano eleitoral

Ex-Vereador afirmou que tem provas contundentes do ilícito eleitoral.

09/02/2020 16h55Atualizado há 2 semanas
Por: Portal Repercutiu
Fonte: da Redação
foto: Prefeito Osvaldo Bonfim
foto: Prefeito Osvaldo Bonfim

Nos foi informado por um ex-Vereador do Município de Nazaria, que solicitou sigilo do seu nome, que foi/será apresentada Noticia de Fato junto ao Juiz Eleitoral da 97º Zona, Promotor Eleitoral da 97º Zona, Procurador Regional Eleitoral do Piaui e Promotor dos Feitos da Fazenda Publica visando apurar as praticas de condutas vedadas cometidas pelo atual Prefeito de Nazaria, Osvaldo Bonfim de Carvalho do PT. A noticia protocolada afirma que o mesmo incorreu na ilegal distribuição de bens, valores e benefícios de forma a incrementar a sua natural candidatura de reeleição, no decorrer do ano eleitoral de 2020.

Tal pratica, sustenta o ex-Vereador não pode ocorrer conforme a legislação eleitoral, no ano das eleições, como se operou. Afirma que tais ações não se enquadram nas excepcionalidades que autorizem o afastamento da regra.

Foram juntadas provas, inclusive postagens do Prefeito trazendo colocações que confundam seu nome de candidatura com as ações da Prefeitura, alem de fotografias entregando os bens aos eleitores, alem disso mencionado # com seu numero de candidatura e outras palavras "#13" nestas publicações.

Ao final, a noticia de fato também requer a apuração de existência ou não de viés politico-eleitoral nas ações sociais de um grupo empresarial da cidade que vem supostamente doando galinhas/frangos e outros materiais, bens, valores ou benefícios, supostamente de forma a favorecer indevidamente a candidatura do atual Prefeito. Também, apure doações indiretas de bens com a participação de Osvaldo Bonfim de Carvalho, através de órgãos ligados ao governo do estado, como na distribuição de alevinos. A distribuição pelo Estado não fere a lei, desde que o Prefeito não esteja presente, pontuou o ex-Vereador.

Por fim, narrou que a noticia de fato também solicita que seja acompanhado os limites de gastos com publicidade referente ao primeiro semestre de 2020, que não pode ultrapassar a media dos três últimos primeiros semestres, dos três anos anteriores. Na denuncia, solicita-se que o MPE autorize a instauração de inquérito para que a Policia Federal auxilie nas investigações.

Conforme a lei, em casos que se comprovam as condutas vedadas em ano eleitoral, o agente politico e/ou candidato podem sofrer multas, alem de terem seu registro de candidatura ou diploma cassados, conforme cada caso. 

Ate o fechamento desta matéria, o Prefeito Osvaldo Bonfim não havia retornado nossas ligações ou tentativas de contato.

Estamos a disposição para quaisquer esclarecimentos através do nosso telefone, Insta, facebook e whatsapp.

 

Nazária - PI Notícias de Nazária - PI
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas