Marte

Tecnologia que permitirá coleta de amostras de Marte está em construção

O projeto, que custa bilhões de dólares, poderá ser a mais precisa forma de identificar possíveis formas de vida no Planeta Vermelho.

Tecnologia e games

Tecnologia e gamesTudo sobre tecnologia e games em um só lugar!

09/12/2019 19h33
Por: Redação Repercutiu
Fonte: Veja
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

Equipes da Nasa e da AEE (Agência Espacial Europeia) estão trabalhando nos robôs que poderão trazer amostras de Marte para a Terra pela primeira vez na história.

A ideia é simples: coletar um pouco de terra e poeira de Marte e voltar para cá. No entanto, a tecnologia para tal deverá ser colocada em prática em cerca de dez anos.

Para o serviço, seriam necessários dois tipos de máquina: um para selecionar e colocar as amostras em cilindros e outro para pegar esses cilindros e colocá-los em uma nave, com a Terra como destino. Esse segundo robô seria enviado ao Planeta Vermelho somente em 2026, e os itens coletados chegariam no nosso planeta em 2031.

Por enquanto, os cientistas estão testando o equipamento com pedras comuns e canetas, as quais as máquinas devem manusear com precisão e cuidado. Os robôs possuem um software que direciona o braço e a garra devagar, e os possibilita abaixar e pegar o objeto.

De acordo com os cientistas, uma empreitada tão ambiciosa nunca foi colocada em prática antes. A dificuldade da tarefa está no fato de que esta missão em específico exige mais máquinas do que os robôs que reuniram amostras da Lua, por exemplo.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas