PROUNI & FIES

Assim como Sisu, inscrições para ProUni e Fies do 2º semestre de 2020 são adiadas para julho

Segundo o MEC, a mudança ocorreu por causa das consequências provocadas pela pandemia do novo coronavírus; confira o novo cronograma

17/06/2020 14h57
Por: Portal Repercutiu
Ministério da Educação Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Ministério da Educação Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Ministério da Educação (MEC) alterou as datas das inscrições dos principais programas de acesso às universidades do segundo semestre de 2020. Assim como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que teve o prazo das inscrições alterado para 7 a 10 de julho, as inscrições para o Programa Universidade Para Todos (Prouni) passaram para 14 a 17 de julho e para o Financiamento Estudantil (Fies) foram postergadas para 21 a 24 de julho. 

Na manhã de terça-feira, 16, antes de terem conhecimento da nova data do Sisu, estudantes demonstraram indignação nas redes sociais diante da não abertura das inscrições. Na página da instituição não havia nenhuma informação, apenas dados referentes ao último processo seletivo.

União Nacional dos Estudantes (UNE) também cobrou um posicionamento do MEC sobre a abertura das vagas. A pasta informou que o edital com o novo prazo do Sisu foi publicado nesta quarta-feira, 17, no Diário Oficial da União. Segundo o MEC, a mudança ocorreu por causa da suspensão de algumas atividades acadêmicas e administrativas nas universidades, ocorridas em consequência da pandemia do novo coronavírus.

Confira o cronograma a seguir:

Sisu

  • Período de inscrições: 7 a 10 de julho 
  • Publicação do edital: 17 de junho
  • Divulgação dos resultados: 14 de julho
  • Período de matrículas: 16 a 21 de julho
  • Período de manifestação para constar na lista de espera: 14 a 21 de julho 

O Sisu é o sistema online em que instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A seleção ocorre duas vezes ao ano, e respeita a nota do Enem, desde que o candidato não tenha zerado a redação. 

O candidato acessa o siteinsere seu número de inscrição e senha cadastrada no Enem e escolhe até duas opções de curso. No encerramento da fase de inscrições, os candidatos são automaticamente selecionados de acordo com as notas no Enem e os critérios da instituição escolhida. 

“Até o momento, mais de 51 mil vagas foram ofertadas por 57 instituições públicas. O número pode aumentar. Nesta edição, haverá a novidade da oferta de vagas em cursos a distância”, informou, em nota, o ministério.  

A consulta dos estudantes às vagas disponíveis no Sisu poderá ser feita a partir do dia 30 de junho. 

Só no processo seletivo do primeiro semestre deste ano houve 1,8 milhão inscritos para 237 mil vagas. O Sisu do primeiro semestre do ano foi marcado por uma série de falhas. Segundo os relatos, estudantes que fizeram apenas uma opção de curso e não conseguiram a vaga na chamada regular não estavam conseguindo participar da lista de espera. 

Em maio, o MEC disse que o prazo para a inscrição do Sisu começaria na terça-feira, 16, e iria até a próxima sexta-feira, 19. 

ProUni

  • Período de inscrições: 14 a 17 de julho
  • Publicação do edital (previsão): 18 de junho

A consulta de vagas disponíveis no portal do ProUni poderá ser feita a partir do dia 7 de julho. 

O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições particulares para candidatos com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. É destinado a alunos que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede particular como bolsistas integrais. Podem participar do processo seletivo estudantes brasileiros que não possuam diploma de curso superior. Exige a nota mínima de 450 pontos no Enem e que o estudante não tenha nota zero na redação. A seleção se dá de acordo com as notas obtidas. 

Para se candidatar, o estudante deve informar o número de inscrição do Enem e a senha usada no exame. No momento da inscrição, o candidato faz, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno dentre as bolsas disponíveis, de acordo com seu perfil. O participante com deficiência ou que se autodeclarar indígena, preto ou pardo pode optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas. 

As inscrições para o ProUni do 2º semestre estavam previstas inicialmente para 23 a 26 de junho. 

Fies

  • Período de inscrições: 21 a 24 de julho
  • Publicação do edital (previsão): 18 de junho

A consulta de vagas disponíveis no portal do Fies poderá ser feita a partir do dia 14 de julho. 

Criado em 2001, o Fies é uma forma de o estudante financiar um curso superior da rede privada e com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), por meio do MEC e com taxa zero de juros. Nesta modalidade, o aluno precisa ter renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa. O empréstimo pode ser pago após a conclusão do curso. Como o ProUni, vale a regra de 450 pontos no Enem e não ter zerado a redação. 

As inscrições para o Fies estavam programadas inicialmente para 30 de junho a 3 de julho.  

Enem

A realização do Enem também foi adiada pelo MEC, em maio, após pressão de estudantes, secretários de Educação e entidades. A prova estava marcada anteriormente para os dias 1.º e 8 de novembro.  

As novas datas para o exame ainda não estão definidas, mas o MEC pretende lançar uma enquete com os estudantes que se inscreveram para realizar o exame. Há a possibilidade de que a prova seja realizada só no ano que vem.  

O resultado do Enem é usado tanto para pleitear vagas nas universidades públicas - por meio do Sisu - como para acesso a bolsas de estudo e financiamento estudantil nas instituições privadas. A nota também é considerada por algumas instituições do exterior para a seleção de estudantes brasileiros.